Sexta-Feira, 10 de Novembro de 2017 - 09:39 (Comercio e Industrias)

L
LIVRE

CAIXA E ALSHOP FIRMAM ACORDO DE COOPERAÇÃO PARA IMPULSIONAR SEGMENTO LOJISTA

Parceria prevê R$ 500 milhões em recursos para o setor e condições diferenciadas para os associados


Imprimir página

A Caixa Econômica Federal e a Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop) assinaram, nesta quinta-feira (9), acordo de cooperação para fornecer condições diferenciadas em produtos e serviços bancários para os mais de 54 mil lojistas credenciados à entidade. O setor, que movimentou mais de R$ 140 bilhões no ano passado e gera mais de um milhão de empregos diretos vai contar com o aporte inicial de R$ 500 milhões em recursos para serem investidos em operações de crédito, capital de giro, antecipação de recebíveis e linhas de investimento para aquisição de máquinas e equipamentos, em condições e prazos especiais.

Com a assinatura do acordo, os associados poderão contar com a rede de atendimento da CAIXA em todo o país para ter acesso às condições diferenciadas já a partir desta sexta-feira (10).

Para o gerente nacional de Estratégia de Clientes da CAIXA, Daniel José Ferraz dos Santos, o acordo assinado entre o banco e a Alshop representa um esforço conjunto entre as duas instituições com o objetivo de incentivar o mercado varejista do país. “Essa parceria representa a junção de esforços, da CAIXA e da Alshop, para propiciar melhores condições ao setor de lojistas de shopping, com oferta de condições especiais em produtos e serviços bancários, além de um atendimento diferenciado aos associados da entidade.”

"Esse é um importante benefício para os associados Alshop, pois ele terá taxas diferenciais que possibilitam conforto financeiro", afirma o Diretor de Internacionalização e Franquias da Alshop, Ricardo Camargo. O convênio também permitirá aos associados Alshop o ajuste de fluxo de caixa, com prazos e taxas diferenciados aliados à possibilidade de obtenção de recursos de longo prazo com carência.

Fonte: 010 - imprensa caixa

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias