Quinta-Feira, 19 de Outubro de 2017 - 15:24 (Agricultura)

L
LIVRE

CAFEICULTURA - PREFEITO DIZ QUE SERÃO DISTRIBUÍDAS 4 MILHÕES DE MUDAS EM QUATRO ANOS

Empresário disse ao prefeito que três marcas de café de Rondônia estão entre os dez melhores robustas do país


Imprimir página

Ao visitar a exposição Cafés de Rondônia, na noite de quarta-feira (18), no Shopping Porto Velho, o prefeito dr Hildon Chaves foi surpreendido com a informação de que três marcas de café rondoniense estão entre os dez melhores robustas do país. A informação serviu de estímulo para o prefeito reafirmar sua determinação em apoiar cada vez mais forte a lavoura cafeeira de Porto Velho.

Acompanhado do subsecretário municipal da Agricultura e Abastecimento, Francisco Evaldo de Lima, o prefeito informou ao diretor geral da Embrapa, Alaerto Luiz Marcolan e ao jovem empresário Bruno Assis, proprietário da franqueadora Juninho Soft Café, um dos organizadores da exposição, que este ano a Prefeitura de Porto Velho vai distribuir 600 mil mudas de café a pequenos produtores e até o final de sua gestão serão distribuídas quatro milhões de mudas de café clonal.

Com a incorporação de novas tecnologias, a lavoura cafeeira em Rondônia deu um gigantesco salto tanto em produtividade quanto em qualidade. Há alguns anos, a produtividade girava em torno de dez a doze sacas por hectare. Hoje, com o melhoramento feito por meio da cultura do café clonal, a produção pulou para 50, 70 indo até 150 sacas por hectare em lavouras irrigadas.

Hoje o robusta cultivado em Rondônia está entre os melhores do mundo. O Estado é o principal produtor da Região Norte e o segundo maior do país, atrás apenas do Espírito Santo, produção que situa a atividade entre os principais geradores de ICMS.

Dr Hildon orientou o secretário Francisco Evaldo a estreitar os laços com a Embrapa e Emater para dar o suporte necessário aos pequenos produtores no sentido de capacita-los para os tratos culturais corretos. Ainda nesta semana cafeicultores rondonienses seguem para Belo Horizonte para participar da Semana Internacional do Café, na qual concorrerão os chamados cafés Gourmet ou seja cafés especiais.

Fonte: 010 - assessoria

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias