Segunda-Feira, 16 de Outubro de 2017 - 15:10 (Agricultura)

L
LIVRE

CAFEICULTURA: DIA DE CAMPO MOSTRA IMPORTÂNCIA DA LAVOURA CAFEEIRA PARA A CAPITAL

Só o distrito de União Bandeirante receberá 200 mil mudas de café clonal para serem distribuídas entre pequenos produtores


Imprimir página

Ao participar do 1º dia de Campo “Café Clonal” no distrito de União Bandeirantes, o subsecretário municipal de Agricultura e Abastecimento, Francisco Evaldo de Lima, confirmou a distribuição de 600 mil mudas de café clonal, das quais cerca de 200 mil serão distribuídas aos produtores da região, a partir da segunda quinzena de dezembro.

Evaldo acompanhou o Dia de Campo e reconheceu a importância da atividade cafeeira para o distrito e para a economia da capital como um todo. “É o momento para buscar o conhecimento e fico satisfeito em ver que muitos agricultores estão participando dessas atividades que só acrescenta valores ao nosso mercado de café”, afirmou.

O dia de Campo foi realizado no travessão 15 de novembro, km 6, na propriedade do produtor Luiz Lubiana Gonçalves, que tem uma área de aproximadamente 100 hectares com 2.500 mudas de café clonal e 1000 mudas de café tradicional feito através de semente.

Durante o encontro, cerca de 130 produtores puderam aprender mais sobre a comercialização, classificação, tratos culturais, irrigação, controle de pragas, doenças e agrotóxicos. De acordo com Francisco Evaldo, eventos como os dias de campo ajudam a incentivar e difundir a cafeicultura na agricultura familiar.

O secretário informou que a Prefeitura de Porto Velho, através da Semagric, fará o transporte de calcário que será vendido a preço de custo aos pequenos produtores, sendo que o custo do frete é bancado pela Prefeitura.

As ações que estamos planejando para o homem do campo favorecem a inclusão de novas tecnologias, incentivam a produção com qualidade, refletem em aumento de produtividade e oferecem melhor rendimento e qualidade de vida no campo. “Parabenizo o escritório local da Emater de União Bandeirantes por proporcionar aos produtores conhecimento sobre o café clonal”, elogiou Evaldo.

MAIS APOIO

Francisco Evaldo aproveitou a oportunidade para conferir os trabalhos de gradagem e destoca que estão sendo feitos nas propriedades beneficiadas com o preparo do solo que é essencial para garantir um maior rendimento agrícola, suporte que vem sendo oferecido aos agricultores familiares pela prefeitura de Porto Velho.

Outro programa que está em andamento no distrito é o Caminho da Produção que, através da patrulha mecanizada, realiza serviços de encascalhamento e patrolamento. Na região já foram recuperados 300 km de estradas, construídas ou restauradas oito pontes e recuperados 27 bueiros. “Nosso prefeito, dr Hildon Chaves, quer oferecer as condições necessárias para facilitar a produção rural, e a garantia da melhoria do produtor no campo”, enfatizou Evaldo para um grupo de agricultores familiares.

Fonte: 010 - Semagric

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias