Terça-Feira, 22 de Agosto de 2017 - 17:31 (MINHA HISTÓRIA)

L
LIVRE

CAFÉ COM HISTÓRIA: EVENTO APRESENTA VISÃO SOBRE GETÚLIO VARGAS

Nesta edição os idealizadores do evento fizeram uma homenagem à Antônio Candido da Silva, historiador e criador da bandeira e o brasão do município de Porto Velho.


Imprimir página

Em sua décima primeira edição, o projeto cultural Café com História, que já possui três anos de existência, reuniu na noite de sexta-feira (18), no auditório da Faculdade Porto, na capital, mais de 300 ouvintes que compareceram para prestigiar a palestra intitulada Getúlio Vargas Ditador vs Estadista, proferida pelo historiador Mario Sávio.

Nesta edição os idealizadores do evento fizeram uma homenagem à Antônio Candido da Silva, historiador e criador da bandeira e o brasão do município de Porto Velho. Dono de extensa produção literária, também é responsável pela produção dos hinos e bandeiras dos municípios de Costa Marques, Cerejeiras e Jaru.

“Agradeço pela lembrança do meu humilde nome pelos professores e estar junto com esta mocidade nos rejuvenesce e nos faz crer que nossa existência serve para alguma coisa”, afirma o homenageado que declara “é preciso resgatar esse conhecimento sobre a história para poder mudar o nosso pais hoje, pois se não soubermos de onde viemos, não sabemos quem somos e não saberemos para onde vamos”, declara seu Antônio que aos 75 anos é mestrando de História na Universidade Federal de Rondônia.

Segundo Palitot, o homenageado e seu conhecimento e seu saber vem sendo cada vez mais legitimado pela sua produção que tem a mesma linha de Vitor Hugo, Esron de Menezes, Manoel Pontes Pinto, grandes historiadores de nosso Estado. Uma justa homenagem a quem se dedica à pesquisa e ao registro de nossa história.

“Vim prestigiar esta edição do evento que possui uma temática muito interessante. O projeto é excelente, inovador e coloca o jovem à par do que ocorreu no passado e que estava muito restrito aos livros e este projeto dá vida a história, é extraordinária esta dinâmica”, afirma Rita Clara Pinto.

De acordo com o estudante Alcino Souza Lima, do terceiro ano do Colégio Carmela Dutra, “tem que ter mais eventos como este, pois muitos alunos como eu não obtém a mesma quantidade de informação quanto o evento proporciona”.

O projeto que é uma idealização dos educadores Mário Sávio, Rita Clara, Thiago Manso, Aleks Palitot, Ellen Regina e Daniel Corrêa tem como objetivo mostrar que a história não e objeto de estudo apenas para concursos e vestibulares, que por traz há todo um contexto, uma retórica e um simbolismo proporcionando massa crítica, discernimento e conteúdo e Café com História é um espaço para esta troca.

Fonte: 010 - assessoria

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias