Terça-Feira, 10 de Julho de 2018 - 10:25 (Polícia)

10
Não recomendado para menores de 10 anos

BRASILEIROS PRESOS NO PERU FORAM ENCAMINHADOS ÀS FORÇAS ESPECIAIS DA BOLÍVIA

Os ladrões haviam roubado em Porvenir, de um quartel da polícia cinco pistolas 9mm e mais nove fuzis AK-47.


Imprimir página

Forças policiais da Bolívia, Peru e do Acre que prenderam sexta-feira, em Puerto Maldonado, na fronteira peruana, três acreanos envolvidos na invasão e roubo de armamento pesado em um quartel da polícia boliviana, em Cobija. O primeiro a ser preso foi o bandido conhecido como Odilon, apelidado no crime de Diabão e que denunciou os três cúmplices, que foram presos logo depois.

Os acusados foram encaminhados para a localidade de Porvenir, e entregues às forças especiais chamadas de Leopardo, da elite da polícia boliviana. Considerada como uma unidade especial, de ação restrita a episódios classificados como graves e desestabilizadores do Estado, a força Leopardo é tida na Bolívia e representa a mais severa força de combate daquele país.

Os ladrões haviam roubado em Porvenir, de um quartel da polícia cinco pistolas 9mm e mais nove fuzis AK-47.

Fonte: 015 - Folha do Acre

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias