Quarta-Feira, 31 de Janeiro de 2018 - 15:43 (Esportes)

L
LIVRE

BATE BOLA COM O PRESIDENTE E TÉCNICO DA EQUIPE RIVER SPORT CLUBE

Confira!


Imprimir página

River Sport clube, uma equipe recém formada com muitos sonhos, fizemos um bate bola com o Presidente/dono/ técnico da equipe Luis André contando tudo sobre o River, Confira:

P: Como  surgiu o River?

R: Sempre fui fã do futebol e sempre quis está envolvido no meio de alguma forma, infelizmente não tive o dom de se tornar um jogador(risos), mais de alguma forma queria e quero está no meio. Já havia esse projeto e essa idéia de montar uma equipe, já havia tudo escrito e planejava há anos, não sabia se seria de futsal, futebol de campo ou Futebol Society que é o que somos hoje, escolhi o futebol Society pelo crescimento da modalidade não só na capital, mais também no país, e pela organização. Após entrar na faculdade em 2015 fui pegando conhecimento teórico, e desenvolvendo mais e me descobrindo como líder, foi onde no fim de 2016 mais precisamente dia 29/12/2016 tirei o projeto do papel e comecei a por em prática,  montando o elenco que ia fazer parte do nosso primeiro ano no Fut7, montando uma diretoria e uma comissão técnica.

P: O que significa River?

R:  River significa "RIO" em alusão ao nosso Rio madeira, e um dos significado do nome da equipe, também é um pouco de expiração no futebol argentino como o River Plate, os argentinos sempre são aguerridos, não tem bola perdida, lutam até o fim e isso nos contagia e procuramos ser do mesmo estilo.

P: Sobre especialmente você Luís, porque ser técnico e ter essa dor de cabeça (risos)?

R: primeiramente porque eu sou Ruim (Risos) segundo porque eu sou louco por tática! Creio que desde 2008 eu me tornei meio que maluco por isso (risos) gosto de ver as táticas, não importa se é de futebol de campo, futsal ou Fut7, eu gosto de analisar a tática das equipes, a proposta de jogo, o modelo de cada equipe. Hoje não consigo assistir uma partida sem prestar atenção nesses detalhes. Eu não sei muito de tática, procuro estudar sobre isso, mais precisamente do Fut7, procuro ver vídeos e jogos do passado. Procuro aprender sobre isso, conversar com quem entende e quando tenho oportunidade faço cursos, não só relacionado a táticas, mais em outras áreas envolvendo o futebol de modo geral.

P: Sobre você, qual o seu maior sonho pro futuro?

R: Tirando o meu projeto com o River, meu maior sonho é se tornar um técnico de futebol profissional, não sei se chegarei a série A, vou lutar pra isso, depende de mim! Tenho apenas 22 anos, tenho mais 2 anos na faculdade pra me formar, ou seja, terminarei com 24 anos, após isso quero iniciar minha pós graduação relacionada ao esporte, e já fazer cursos para treinador e adquirir a licença é assim, conseguir meu espaço em algum lugar e desenvolver meu trabalho... esse é meu sonho, são meus planos, não sei se os planos de Deus são esses, mais lutarei pelo meu sonho.

P: Sobre o River, como está o projeto?

R: Estamos no caminho certo, por enquanto tudo vem saindo como planejei, quando montei o projeto no fim de 2016, a primeira meta era federar a equipe na FRF7SE em 2018, e deu certo!

Federamos no início desse ano. Primeiro sonho realizado, outro sonho que eu tinha em prol do River era falar sobre esse projeto em algum programa de TV, e logo na mesma semana que se Federamos o Joziel Araújo me mandou um Whatsapp me convidando para ir ao TÁ NA REDE falar sobre o projeto, foi uma felicidade enorme, mais um sonho realizado. Então isso mostra que o nosso trabalho é serio, poucos acreditaram nesse projeto no início, e ainda poucos acreditam. Estamos no caminho certo.

P: Como foi o primeiro ano de vocês no Fut7 da capital? Quantos campeonatos disputaram? Como foi em cada deles ?

R: Nosso primeiro ano foi bom, como disse como planejei! Quando montei a equipe, na primeira conversa com o elenco falei que a gente não ia ser campeão no primeiro ano, nem no segundo e talvez nem no terceiro ano... falo isso até hoje pra eles, porque futebol é assim, a gente trabalha em prol de ser campeão, mais pra isso requer tempo e trabalho, então estamos no caminho. 2016 não ganhamos nada, jogamos dois torneios, perdendo os dois nas semifinais, jogamos a libertadores pvh no teixeirão, caímos na fase de grupos, jogamos o INTERBAIRROS da FRF7SE, caímos na fase de grupos, Jogamos a COPA HO, caímos nas quartas de finais, perdemos de 2 a 1 com dois erros nosso e jogamos a TAÇA PORTO VELHO, caímos na fase de grupo, um grupo com 6 equipes, ficamos em terceiro. O mais importante de isso tudo é que o grupo foi amadurecendo de competição para competição, e deu pra ver a evolução da equipe a cada tempo trabalhado, a cada jogo jogado e a cada campeonato. Vale ressaltar que nossa equipe não tinha experiência, muitos jogadores não jogava bola igual esses "boleiros" jogam na cidade, e isso pesou muito, mais estamos no caminho certo.

P: Você falou sobre os jogadores, como está o elenco de 2018 em comparação ao de 2017?

R: Mais encorpado! Chegou uns 8 jogadores novos, já com bastante experiência tanto de futsal como futebol de campo (terrão), além dos remanescentes do ano passado, estão mais experientes, mais maduro e sabem como jogar as competições grande, além da qualidade técnica que é fundamental, tanto dos novos jogadores que chegaram agora, quanto dos remanescentes que ficaram. Como disse, vamos trabalhar, será o nosso primeiro ano como federado, e pegar mais experiência pra 2019 ser o nosso ano, claro, podemos beliscar algo já nesse 2018, futebol  está para todos, tudo pode acontecer. Falo 2019, porque nosso planejamento e que 2019 seja o ano de conquistar o nosso primeiro título, pode acontecer em 2019, pode acontecer já nesse ano, e pode acontecer depois, tudo é no tempo de Deus.

P: Porque se federar na FRF7SE?

R: Primeiro pela organização, segundo por nós apresentar um calendário de competições que é fundamental para motivar um time, os atletas, e terceiro, para apresentar aos nossos patrocinadores e futuros patrocinadores que fazemos um trabalho sério, e mostrar que tudo é divulgado através do esporte, com jogos televisionados pela Rede TV, assim divulga a marca dos nossos patrocinadores. Quero aproveitar e dar os parabéns ao presidente da FRF7SE Israel Martins pelo trabalho que vem realizando.

P: Falando sobre os patrocinadores, quem apóia vocês hoje? E como faz para apoiar esse projeto?

R: Hoje em meio a crise está muito difícil conseguir apoio, mais temos sempre alguns nos ajudando com serviços. Temos hoje a ARENA SPORT BEER por meio do Rodrigo Zibetti que nos sede a estrutura da Arena pra realizarmos os nossos treinos da semana. A ProntoFisio por meio do Magno e o Jorge que nos sede a estrutura pra recuperar nossos jogadores lesionados, fazendo preventivo e etc... temos também a Top Art do Jackson que trabalha com mídia da equipe, a JG que é a empresa de móveis do meu padrasto e agora vocês do NEWSRONDONIA nos dando esse apoio e divulgando sempre a nossa equipe. Estamos buscando apoio para fazer o nosso uniforme da temporada 2018 e irá contar com todas as marcas de patrocinadores nesse uniforme, está complicado, mais não vamos desistir. Quem quiser apoiar esse projeto e nos ajudar na compra desses uniformes, entre em contato com o número 9 9385-0291 falar comigo mesmo, Luis.

P: Como funciona o trabalho no River?

R: Treinamos uma vez na semana, como estamos de férias estamos treinando 3 vezes por semana visando a estreia do municipal dia 03/03. Mais uso a filosofia que só joga quem treina, pode ser o melhor jogador da equipe, se não treinar não vai pra jogo! O grupo hoje conta com um total de 24 atletas, 21 de linha e 3 goleiros. Escrevo 20 em campeonatos e pra jogo e amistoso só convoco 15, ou seja os caras tem que treinar, se dedicar e lutar pelo seu espaço, todos são ciente disso e graças a Deus lutam pelo seu espaço,  quem ganha é o Time.

P: Estreia do municipal como está a preparação? E o que espera dessa competição?

R: Se reapresentamos dia 10/01 muito trabalho físico e técnico, desde o dia 20/01 estamos focando na parte tática, jogadas ensaiadas e bolas paradas. Agora estaremos em uma sequência de amistosos para ver como a equipe se porta em campo e se estamos no caminho certo, nesses amistosos tiraremos os erros para trabalhar antes da estreia do municipal. Sobre a espectativa do municipal, ela dar vaga ao Estadual, seria um sonho (risos) como disse, tudo pode acontecer, estamos trabalhando e acontece no tempo de Deus, como disse futebol está ai para todos.

Essa foi a entrevista com o Luis André presidente/dono/técnico do River Sport Clube. Desejamos sorte e sucesso para essa jovem equipe.

Fonte: 010 - NewsRondonia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias