Terça-Feira, 07 de Novembro de 2017 - 10:28 (Colaboradores)

L
LIVRE

BAINHA É O SAMBA ENREDO 2018 DA ESCOLA ASFALTÃO

O tema da escola para o carnaval 2018 é: “Do Forte Príncipe ao Porto. Hoje Bainha é Rei, na Corte do Tigre”.


Imprimir página

Foi emocionante o lançamento do samba de enredo da escola de samba Asfaltão na tarde do último sábado 04, durante o Projeto “Samba Autoral”. Parece que os admiradores da escola que tem como símbolo um Tigre, combinaram com São Pedro, para chover durante o lançamento da obra que será cantada na avenida pela escola, que era para disfarçar as lágrimas que rolaram de dezenas de olhos.

O tema da escola para o carnaval 2018 é: “Do Forte Príncipe ao Porto. Hoje Bainha é Rei, na Corte do Tigre”. “Estou deveras emocionado com esse maravilhoso samba que a ala dos compositores da escola fez em minha homenagem. Não tenho palavras para agradecer tamanha consideração, apenas digo, Obrigado família Asfaltão” declarou Bainha.

O calçadão do bar “Calixto”, apesar da chuva que insistia em cair sábado a tarde em Porto Velho, estava repleto de sambistas, primeiro porque era mais um rodada do Projeto Samba Autoral e depois pela promessa da diretoria da escola, de que apresentaria o samba da escola para o carnaval de 2018. A família do homenageado marcou presença em peso, assim como seus muitos amigos e admiradores.

A bateria Pura Raça foi convocada a tomar conta da roda de samba, para acompanhar a interpretação do samba com Reginaldo Makumba, Waldison Pinheiro, As Pastoras, Oscar e todos os integrantes da ala de compositores da escola que participaram da formatação ou composição do hino do Asfaltão para o carnaval do próximo ano.

LENTRA O SAMBA DO ASFALTÃO

Do Forte Príncipe ao Porto. Hoje Bainha é Rei, na Corte do Tigre

Autoria – Ala de Compositores(as) do GRESA

Brilhou o céu de um novo dia

No Vale do Divino Guaporé

Um menino Rei nasceu

Consagrado pelos baluartes da fé

Sob as bênçãos dos deuses da poesia

Nas águas que banham o lugar

Navega...seu dom é sonhar

Mistérios a lhe acompanhar

Até no Velho Porto ancorar

Eparrê, Iansã

O Ogan de toque chegou

Vai ecoar o tambor na passarela

Numa linda festa de magia e amor... Aquarela

E assim seu mundo se fez

Entre becos e vielas

Mocambo, Santa Bárbara e Vila Confusão

Portela, Km 1 e Favela

Boêmio, seresteiro, sou paixão e futebol

Dei lençol e dei caneta

Roda de samba... No quintal da Marieta

Bainha... Vamos recordar

Odoiá Bahia...

Oh! Luzia abre o bar!

Te mete ele é da 7, ele é de fé

Devoto no Círio de Nazaré

Oh Dina!... Eu vou

Mistura Fina, vou pro Galo, vou ora Banda

É fevereiro, não me leve a mal

Sou Zé Pereira

Sou o Rei do carnaval

Alô, vem meu amor

Meu Tigre hoje é só felicidade

Meu forte  é Pura Raça

Na corte do Asfaltão

Vem saudar o Mestre da Cultura Popular.S​

Fonte: 010 - Silvio Santos/NewsRondonia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias