Terça-Feira, 19 de Setembro de 2017 - 15:37 (Meio Ambiente e Ecologia)

L
LIVRE

AZOUGUE: QUATRO BALSAS SÃO APREENDIDAS DURANTE OPERAÇÃO DE COMBATE AO GARIMPO ILEGAL NO RIO MADEIRA

A ação faz parte da operação Azougue V – uma alusão ao material utilizado para separar as impurezas e o ouro garimpado e contou com a participação de agentes do Batalhão da Polícia Ambiental (BPA), Marinha do Brasil, Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sedam).


Imprimir página

Operação de combate ao garimpo ilegal no rio Madeira resultou na apreensão de quatro balsas, mercúrio metálico, arma de fogo e um rebocador. Oito pessoas foram detidas.

As balsas operavam no entorno de unidades estaduais de conservação e infringiram a Lei Estadual nº 3.905, de 20 de setembro de 2016, que suspende em caráter definitivo as licenças de quaisquer atividades de extração de minério ou garimpagem no segmento do Rio Madeira, no perímetro da Usina de Santo Antônio até cinco quilômetros abaixo da ponte (a jusante do rio), nas margens direita e esquerda.

A ação faz parte da operação Azougue V – uma alusão ao material utilizado para separar as impurezas e o ouro garimpado e contou com a participação de agentes do Batalhão da Polícia Ambiental (BPA), Marinha do Brasil, Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sedam).

Além de combater a extração ilegal no rio Madeira, a ação pretende também desobstruir o canal de navegação do rio, de forma que o transporte de cargas e passageiros não seja prejudicado pelas balsas.

“A operação será intensificada para que os garimpeiros que atuam na ilegalidade compreendam, definitivamente, que não podem extrair ouro em área de preservação ou em qualquer área sem autorização dos órgãos competentes”, destacou o gerente de Integração Policial e Fronteiras da Sesdec, tenente coronel André Glanert.

Fonte: 010 - SECOM/GOV-RO

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias