Quinta-Feira, 11 de Janeiro de 2018 - 14:54 (Polícia)

16
Não recomendado para menores de 16 anos

AVÓ É CONDENADA POR TORTURAR NETO DE 4 ANOS EM RITUAIS DE MAGIA NEGRA

Em depoimento, a tia-avó contou que quis adotar a criança com intenção de utilizá-la em rituais de sacrifício.


Imprimir página

Campo Grande, MT - Há dois anos, mais precisamente em fevereiro de 2016, veio à tona um caso bizarro onde uma avó de um menino de 4 anos o torturava em rituais de magia negra. Nesta terça-feira (9) foi publicada no Diário Oficial da Justiça a condenação da mulher a 16 anos e 4 meses de prisão por tortura, associação criminosa com envolvimento de adolescentes e por dar bebida alcoólica à criança.

Como lembrou o ‘G1’, o caso veio à tona após o menino ser internado na Santa Casa de Campo Grande com queimaduras no rosto, fratura em um dos braços, ferimentos nos olhos e saco escrotal. Além disso, a criança apresentava um quadro de desnutrição e anemia.

Na época, a agora condenada, negou que soubesse das agressões e tortura durante rituais de magia negra. Ela conseguiu liberdade condicional e, em fevereiro de 2017, a Justiça cassou o habeas corpus obrigando-a a retornar ao presídio.

Outros três familiares do menino envolvidos nas sessões de tortura foram julgados e condenados no ano passado. Os tios-avôs confessaram a tortura em rituais de magia negra. Eles tinham a guarda-provisória da criança e afirmaram que as agressões ocorriam também fora dos rituais de magia negra.

Segundo informações repassadas pela polícia, os pais biológicos do menino são usuários de droga e o abandonaram. Em depoimento, a tia-avó contou que quis adotar a criança com intenção de utilizá-la em rituais de sacrifício.

Fonte: 012 - Notícias ao Minuto

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias