Sexta-Feira, 21 de Julho de 2017 - 16:06 (Comercio e Industrias)

L
LIVRE

AUMENTO DO COMBUSTÍVEL: GOVERNO MAIS UMA VEZ PENALIZA O POVO BRASILEIRO, AFIRMA PRESIDENTE DA ACR

"Por mais de uma década, nosso país ficou nas mãos de um governo, que na época mostrava-se a luz do fim do túnel, porém, hoje o povo brasileiro sente nas costas o peso de cada canetada em papéis de seda, nas luxuosas salas do planalto. O mais intrigante de tudo isso e, que ninguém ajusta as contas dos políticos, eles sim, deveriam dar bons exemplos",lamentou Vanderlei Oriani, presidente da Associação Comercial de Rondônia - ACR.


Imprimir página

Porto Velho, RO - Em uma medida abusiva, mais uma vez o governo vai penalizar o bolso do brasileiro. Com a carga tributária sendo uma das mais cara do mundo, vergonhosamente o tiro letal disparado pelo governo, partiu em direção da alíquota do PIS/Confis. A alíquota subirá de R$ 0,3816 para R$ 0,7925 para o litro da gasolina e de R$ 0,2480 para R$ 0,4615 para o diesel nas refinarias. Para o litro do etanol, a alíquota passará de R$ 0,12 para R$ 0,1309 para o produtor. Para o distribuidor, a alíquota, atualmente zerada, aumentará para R$ 0,1964.

Na capital Rondoniense, empresários buscam soluções para tentar se manter no ramo, mas embora todo esforço, do início do ano de 2017 até o mês de Julho, cerca de 300 lojas não resistiram a crise e tiveram que fechar as portas, aumentado ainda mais o número de desempregados na capital, estado e país.

"Por mais de uma década, nosso país ficou nas mãos de um governo, que na época mostrava-se a luz do fim do túnel, porém, hoje o povo brasileiro sente nas costas o peso de cada canetada em papéis de seda, nas luxuosas salas do planalto. O mais intrigante de tudo isso e, que ninguém ajusta as contas dos políticos, eles sim, deveriam dar bons exemplos",lamentou Vanderlei Oriani, presidente da Associação Comercial de Rondônia - ACR.

Fonte: assessoria

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias