Segunda-Feira, 11 de Junho de 2018 - 08:53 (Agronegocios)

L
LIVRE

AGROINDÚSTRIA DE PESCADO DE PORTO VELHO VAI EXPANDIR COMERCIALIZAÇÃO APÓS RECEBER SELO SIE DO GOVERNO DE RONDÔNIA

O documento a credencia a estender o atendimento a todo o Estado de Rondônia, o que antes se limitava apenas à capital e distritos com o Serviço de Inspeção Municipal (SIM).


Imprimir página

Inaugurada há pouco mais de um ano em uma área rural da zona Leste de Porto Velho, na Linha Progresso, a agroindústria Pescado Progresso, primeira unidade de beneficiamento de pescado (frigorífico de peixe) administrada pela Cooperativa Agro Verde (Coopagroverde), recebeu do governo estadual a certificação do Sistema de Inspeção Estadual (SIE) emitida pela Agência de Defesa Agrosilvopastoril de Rondônia (Idaron). O documento a credencia a estender o atendimento a todo o Estado de Rondônia, o que antes se limitava apenas à capital e distritos com o Serviço de Inspeção Municipal (SIM).

Na solenidade realizada neste domingo (10), com a presença do governador Daniel Pereira, acompanhado da primeira-dama Ester Lacerda; dos secretários estadual e municipal de Agricultura, José Paulo Gonçales e Francisco Evaldo, respectivamente, entre outros convidados, a presidente da Agroverde, Nara Regina de Souza Cruz, destacou a importância da nova documentação tanto para o crescimento da empresa quanto para atender bem com a quantidade desejada pelos clientes e qualidade certificada pelos órgãos de inspeção do município e estaduais. Ela também anunciou que a meta agora é receber a certificação do Sistema de Inspeção Federal (SIF) para também atender ao mercado nacional e num futuro.

Ao participar do evento, Daniel Pereira anunciou o lançamento da GTA eletrônica

próximo extrapolar as fronteiras.

Nara lembrou que tudo começou com a criação de peixes em dois tanques, apenas, para sustento da família (ela, esposo, três filhos, nora e um cunhado). Em 2013, sob a orientação da Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-RO), começou a entregar a produção excedente para o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e no ano seguinte foi inserida no Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), aumentando sua renda com a comercialização de peixe in natura. De uma estrutura pequena, viabilizada com o apoio do estado e prefeitura, que produzia 200 quilos por dia de filé de tambaqui, Nara conta hoje com um frigorífico dotado de todos os equipamentos necessários para o beneficiamento do peixe (tambaqui, pirarucu e pintado), desde a limpeza, passando pelos processos de evisceração, filetagem, polpa, embalagem, câmara de armazenamento, túnel de congelamento, até o transporte da produção para o mercado consumidor, formado em sua maioria por alunos das rede estadual e municipal de ensino. Segundo ela, hoje são processados mil quilos por dia. “Não costumo deixar estoque congelado por vários dias para não perder os nutrientes”, revelou.

A produção de peixes é fruto também da família em nove tanques e dos agricultores familiares da região. Para isso, é necessário que tenham as licenças ambientais e a Guia para Transporte de Pescado (GTP). “Só para a merenda das escolas do estado em Porto Velho destinamos em média 20 toneladas de peixe em seis meses”, afirmou citando também a Base Aérea como outro potencial consumidor de sua produção, com dez toneladas também em seis meses.

Além do apoio viabilizado pelo Programa de Verticalização da Produção (Prove), sob o gerenciamento da Seagri, o governador Daniel se prontificou em ajudar à cooperativa a atender ao mercado nacional e futuramente ao internacional, citando que de setembro do ano passado até agora Rondônia conseguiu dobrar a exportação de peixes para países como o Peru, atingindo metade do que foi exportado de carne bovina. Ele também adiantou que lançará, durante a Portoagro, a Feira do Agronegócio de Porto Velho, prevista para o período de 29 de agosto a 1º de setembro, o Guia para Transporte de Animal (GTA) eletrônica, com vistas a agilizar o serviço.

Fonte: 010 - SECOM - GOV/RO

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias