Sexta-Feira, 22 de Março de 2013 - 09:16 (Espaço do Internauta)

ACORDA, PACATO CIDADÃO! POR: AMAURI LEAL

Esta é a realidade do Pacato Cidadão de Porto Velho, ele observa que está recebendo serviço de terceira, pagando imposto de primeira. Mas a culpa também é dele, pois calado ele consente e vai vivendo com raiva.


Imprimir página

O cidadão de Porto Velho acorda cedo, anda em ônibus cheio e barulhento, trafega por muitas ruas esburacadas, com sinalização deficiente, trabalha o dia todo, volta para casa quase morto de cansado. O lixeiro não passou, a água não entrou na caixa, a eletricidade e o telefone estão falhando, a rua está às escuras. Para completar, o menino está com febre. Ele vai ao posto de saúde e não encontra profissional, pensa em chamar a polícia, mas desanima com a burocracia que tem que enfrentar, o menino chora a noite inteira, ele acorda e vai trabalhar.  A consulta para ver a causa da febre está agendada para daqui três meses. Calado, pensando, com raiva, mas fica calado.

Esta é a realidade do Pacato Cidadão de Porto Velho, ele observa que está recebendo serviço de terceira, pagando imposto de primeira. Mas a culpa também é dele, pois calado ele consente e vai vivendo com raiva.

Observar que os serviços prestados ao público não estão prestando e não falar nada, simplesmente não vai ajudar a melhorá-los, se não houver denúncia vai tudo ficar como está. Agentes públicos e políticos eleitos são movidos a requerimentos e solicitações, poucos vão atrás do problema. Geralmente, os problemas os levam a se mexer  e para que isto aconteça os Pacatos Cidadãos têm que acordar e acordá-los, faz parte do jogo político. Então, os dirigentes aparecerão como salvadores da pátria, mas na realidade não estarão fazendo nada mais que sua obrigação, de usar o dinheiro dos impostos em benefício da população que os pagam.

Jogos políticos à parte, o que o Pacato Cidadão quer é ônibus limpo, não muito lotado, no horário, passando por ruas conservadas e sinalizadas. Serviço de água, telefone e eletricidade eficientes, pois afinal são pagos, lixeiro e limpeza das praças e ruas em dia, vias com acessibilidade para quem está com alguma deficiência física. Quer encontrar serviço de saúde de urgência e eletivo eficientes, quer polícias e judiciário atuantes, quer escola e creche boas para seus filhos e sossego para assistir seu futebol e sua novela depois do trabalho.

Acordem Pacatos Cidadãos, falem alto, sugiram, exijam mais, nossa parte da lição já fazemos pagando impostos e votando, mas temos que fazer a máquina girar com nossa energia. Não ficarão devendo favor a ninguém, estarão fazendo um favor para a sociedade.

Fonte: Amauri Leal

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias