Sexta-Feira, 25 de Maio de 2018 - 17:46 (Agronegocios)

L
LIVRE

ACADÊMICOS APRESENTAM TRABALHOS CIENTÍFICOS INOVADORES AO AGRONEGÓCIO NA 7ª RONDÔNIA RURAL SHOW

Os trabalhos são frutos de pesquisas dos universitários em várias áreas do agronegócio.


Imprimir página

Acadêmicos dos cursos de Medicina Veterinária e Zootecnia de cinco faculdades rondonienses apresentam 22 trabalhos científicos com vistas a melhorar o agronegócio. As apresentações ocorrem no estande do Conselho Regional de Medicina Veterinária de Rondônia durante a 7ª Rondônia Rural Show, no Centro Tecnológico Vandeci Rack, em Ji-Paraná.

Os trabalhos são frutos de pesquisas dos universitários em várias áreas do agronegócio. O público alvo são os próprios estudantes, professores, conselheiros e visitantes do estande do Conselho.

Estudante do 9º período de Medicina Veterinária em Rolim de Moura, Dayane da Silva Zanini defende a importância de melhorar a nutrição animal a baixo custo para a bovinocultura. No trabalho da equipe de Zanini, as pesquisas sugerem a substituição do milho pela semente de cupuaçu no preparo de rações.

“É viável porque o temos em abundância a semente do fruto a custo zero se comparar ao preço do milho. O valor nutritivo é simular e o valor final da ração é mais barato que as disponíveis no mercado”, diz a acadêmica, com base nas demonstração das análises elaboradas. “Buscamos apresentar alternativas viáveis e econômicas que refletem no alto rendimento da bovinocultura”, reforça Zanini.

O coordenador de Educação Sanitária do Idaron de Porto Velho, Walter Cartaxo, assistiu algumas apresentações dos trabalhos científicos no estande do Conselho Regional de Medicina Veterinária e disse que ficou animado com o interesse dos acadêmicos em várias áreas do agronegócio.

“O agronegócio é amplo e oportuniza aos estudantes vários caminhos a ser explorado, além da bovinocultura. Me encanta saber que tem estudantes interessados a atuar em outras áreas, como o peixe, suíno, aves e mel”, disse Cartaxo, apoiando a iniciativa do Conselho que só fortalece a categoria.

Para o presidente do Conselho, Júlio César Rocha Peres, a ação de apresentação dos trabalhos na feira de agronegócio tem a finalidade de promover o intercâmbio entre os estudantes e as instituições universitárias. “Assim contribuímos na aproximação dos acadêmicos sobre as legislações das respectivas profissões e dos órgãos públicos”, disse o presidente do Conselho.

Fonte: 015 - Secom - Governo de Rondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias