Quinta-Feira, 08 de Junho de 2017 - 14:13 (Meio Ambiente e Ecologia)

L
LIVRE

ABERTO 'IV SEMINÁRIO PERSPECTIVAS FLORESTAIS PARA CONSERVAÇÃO DA AMAZÔNIA'

Ao final das apresentações os presentes interagiram com os palestrantes através de perguntas. Após 30 minutos de debates, houve sorteio de brindes e coquetel com comidas regionais.


Imprimir página

Foi aberto ontem, 7 de junho, no auditório da Unir Centro, o “IV Seminário Perspectivas Florestais para Conservação da Amazônia”, componente do projeto Semeando Sustentabilidade, patrocinado pela Petrobras através do Programa Petrobras Socioambiental e realizado pelo CES Rioterra.Após abertura, feita por representante do CES Rioterra, Telva B. Maltezo, coordenação do Programa de Pós Graduação em Geografia da Universidade Federal de Rondônia UNIR, Madalena Cavalcante e pelo reitor da UNIR, Ari Ott, os participantes conheceram as iniciativas de prospecção de mercados florestais para o norte de Rondônia apresentadas pelo Fundo Brasileiro para Conservação da Biodiversidade – FUNBIO e Evergreen Consultoria.

Anna Beatriz, representante do Funbio, falou sobre o desenvolvimento de um mecanismo financeiro previsto para apoiar ações florestais voltadas à recuperação de áreas no norte de Rondônia. Em seguida, Sérgio Safe, representante da Evergreen, apresentou possibilidades de mercado e alternativas produtivas aptas a serem implementadas na Amazônia, tendo como foco ações de inovação para o setor.

Ao final das apresentações os presentes interagiram com os palestrantes através de perguntas. Após 30 minutos de debates, houve sorteio de brindes e coquetel com comidas regionais.

O evento prossegue hoje, a partir de 14h, com as seguintes palestras e entidades:

Programa de Regularização Ambiental – PRA em Rondônia/ Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental/RO;

Pagamento por Serviços Ambientais em Bacias Hidrográfica/ Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Alta Floresta/MT;

Novos Mercados Florestais – REDD+ e CRA/ Biofílica Investimentos Ambientais;

Agricultores Familiares como Agentes de Conservação/ Ação Ecológica Guaporé;

Estocagem de Carbono em Áreas Recuperadas/ Centro de Estudos Rioterra.

Fonte: 010 - Ana ArandA

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias