Quarta-Feira, 18 de Outubro de 2017 - 17:39 (Artigos)

L
LIVRE

A VIDA E A PROVA DE MATEMÁTICA - Por Flavio Melo Ribeiro

Os problemas que cada um de nós se depara na vida, em geral, são similares a uma prova de matemática. Embora possamos saber o que vai cair na prova, pois o professor já passou o conteúdo da matéria, não garante que iremos bem.


Imprimir página

Os problemas que cada um de nós se depara na vida, em geral, são similares a uma prova de matemática. Embora possamos saber o que vai cair na prova, pois o professor já passou o conteúdo da matéria, não garante que iremos bem. E se caso tenha ocorrido de não entender muito bem a matéria, é comum antecipar um cenário negativo e proporcional à consequência que ela está ligada. Por exemplo, se essa prova significar passar ou reprovar de ano, ela pode ter um peso muito grande e afetaro estado emocional,prejudicando o desempenho.

Existem diversos relatos de pessoas que passam mal diante de uma prova considerada difícil, mas este comportamento também é visto em outras relações das pessoas com os outros e situações sociais que exijam uma avaliação. Em geral as pessoas não gostam de serem avaliadas e serem expostas diante dos outros, principalmente se essa avaliação for negativa. Porém é possível escapar desse embaraço social e psicológico refletindo sobre suas possibilidades, que no caso da prova de matemática, é estudar com antecedência, fazer os exercícios e organizar para enfrentar as questões que encontrará no dia da prova. Na vida a mesma coisa, é fundamental a pessoa se preparar para o que vai enfrentar. Porém poucos fazem isso. A maioria vive dia a pós dia, contorna os problemas e mantém sua condição por anos, mesmo quando não está satisfeita. O que faz? Reclama da vida!

Mesmo sendo minhas possibilidades fazer algo diferente para alcançar outro resultado, posso não fazer e no caso do exemplo: não estudar para a referida prova, ou mesmo achar que não sou capaz de ir bem e com isso produzir uma desqualificação de si próprio. Este tipo de comportamento gera angústia, porque no fundo considera que fracassará e antes mesmo de tentar o sucesso abandona-se na sua situação atual. Este tipo de reflexão faz a pessoa construir uma redoma em volta de si para nem precisar enfrentar situações difíceis. Pois dessa forma não terá fracassos. Visto que fracassa quem enfrenta e luta.

Estude para a prova de matemática. Prepare-se para a vida. Preste atenção em você, qual a sua história? O que aprendeu na escola? Nos livros? Na vida? Em que você é bom? De que forma pode se destacar? Reúna suas qualidades e vá buscar seu espaço no mundo.

Fonte: 010 - Flavio Melo Ribeiro

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias