Sexta-Feira, 01 de Junho de 2018 - 17:23 (Artigos)

L
LIVRE

A MUDANÇA RADICAL DO ATUAL MERCADO DE TRABALHO - Por Flavio Melo Ribeiro

Profissões consolidadas irão sumir e outras que nem imaginamos serão criadas.


Imprimir página

Nesse mundo em transformação, com a tecnologia se somando a todas as profissões, haverá uma grande mudança. Profissões consolidadas irão sumir e outras que nem imaginamos serão criadas. A rotina da jornada de trabalho será alterada para horários flexíveis e a distância. Crises serão instaladas e oportunidades aparecerão a todo o momento. Vale lembrar o dito popular que diz: na crise você encontra muitas pessoas desesperadas chorando, mas também encontra outras satisfeitas com seu trabalho de vender lenços. A questão é: de que lado você quer estar nos próximos anos, chorando ou vendendo lenço?

Algo que não vai mudar é o que faz um profissional ser bem sucedido. A capacidade de dar soluções aos problemas alheios é válida para qualquer profissão, seja para um eletricista, um médico ou um vendedor. Todos nós somos pagos para resolver problemas. Dessa forma, aoescolher uma profissão é preciso ter em vista, dois pontos referentes ao mercado de trabalho. Futuramente a profissão que escolher vai solucionar os problemas dos outros? As pessoas irão necessitar do que será resolvido com o seu trabalho?

A noção do que impulsiona o ser humano mudou. Antes, as pessoas eram movidas pela escassez e pela necessidade, logo, o consumidor comprava por falta. Hoje, os empreendedores não estão mais pesquisando a necessidade do consumidor, estão criando produtos e serviços inteiramente novos que os cidadãos nem tinham ideia de que precisavam, portanto, nem sentiam falta. Portanto, estar à frente no mercado de trabalho é resolver problemas que ainda aflijam um grande número de pessoas e que estejam dispostas a pagar para a solução do mesmo. Um exemplo é ligar as pessoas a um serviço ou produto, facilitando o encontro dos profissionais com os clientes. Isto já é feito nos aplicativos como o Uber e o airbnb.

Você já começou a pensar qual o modelo de lenço e de forma gostaria de vende-los, ou vai começar a chorar e portanto vai alegrar quem já está produzindo e vendendo lenços.

Fonte: 015 - Flavio Melo Ribeiro / NewsRondonia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias