Sexta-Feira, 22 de Junho de 2018 - 14:50 (Colaboradores)

L
LIVRE

A DISPUTA AO GOVERNO DE RONDÔNIA VAI SER MAIS DIFÍCIL QUE O BRASIL GANHAR A COPA DA RUSSIA - Por Carlos Caldeira

Com todos os pré candidatos já anunciados e com os barrados pela justiça, a disputa vai ser voto a voto, e não existe pesquisa, por mais confiável que seja, que vá acertar o resultado final.


Imprimir página

EXCLUSIVO - Daniel Pereira é candidato a reeleição!

O poder seduz! E seduz tanto que seria uma tremenda idiotice acreditar que o governador Daniel Pereira iria ficar fora da disputa para permanecer mais quatro anos comandando os destinos do Estado de Rondônia.

Uma fonte segura, de dentro do gabinete do governador, me garantiu hoje que ele é sim candidato a reeleição, e não existe esse negocio de fidelidade a Acir ou de apoio a Maurão de Carvalho.

O quadro mudou completamente a partir do momento que o senador IVO CASSOL, por força da confirmação de sua condenação, e um dia após confirmar que seria pré candidato ao governo, foi afastado temporariamente da vida publica. Agora, todos que antes estavam acendendo uma vela pra Deus e outra para o diabo, para que a justiça tirasse de vez o homem do chapéu da disputa, começaram a colocar o bloco na rua e já intensificam as articulações rumo ao palácio Rio Madeira.

Os candidatos de peso e os que ainda correm atrás de uma gordura politica, estão eufóricos com o novo quadro, e acreditem, TODOS TEM CHANCES SIM!

Expedito Junior (PSDB), Daniel Pereira (PSB), Acir Gurgazc (PDT), Vinicius Raduan (REDE SUSTENTABILIDADE), Zé Jodan (PSL), Daniel Benito (PT), Pimenta de Rondônia (PSOL), Pedro Nazareno (PSTU) são apenas alguns dos que estão correndo atrás do eleitorado nessa pré campanha.

Sabe-se que a grana sempre foi fator decisivo em qualquer eleição no Brasil, só que a popularização das redes sociais podem causar grandes surpresas em 2018.

Expedito Junior vai ter algum problema na capital, já que seu maior cabo eleitoral, o prefeito Hildon Chaves, pisa muito na bola, e a grande maioria de seus eleitores estão completamente decepcionados com suas ações a frente da prefeitura, mas é sabido também que a capital nunca decidiu eleição em Rondônia.

Don Daniel Benito, do PT, pode surpreender com votação expressiva  da militância que até hoje, não engole a "injustiça" com seu líder maior, que foi jogado atrás das grades, segundo eles, por perseguição política.

Acir é candidatíssimo e tem perfil de bom administrador, o que também pode lhe dar gordura para brigar pela faixa.

Daniel Pereira é o dono da faixa e tem milhares de "cabos eleitorais" que são tratados no cabresto e a toque de caixa para buscarem o voto.

Zé Jodan vem com toda força da região do estado de onde saem a grande maioria dos políticos de maior expressão em Rondônia, Rolim de Moura. Jodan também vem na onda BOLSONARO, e podem ter certeza, que se prevalecer o que as pesquisas apontam sobre a liderança de Bolsonaro, JODAN vai dar muito trabalho aos "grandes".

Pimenta de Rondônia vem como sempre, e os demais devem crescer durante a campanha.

Se o "arbitro de vídeo" (STF) não interferir novamente, esse é o quadro que deve permanecer até novembro, caso tenha um segundo turno.

Fonte: 010 - Carlos Caldeira/NewsRondonia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias