Quarta-Feira, 25 de Abril de 2018 - 16:08 (Colaboradores)

L
LIVRE

A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA QUE TEMOS E A QUE QUEREMOS

Manifestantes aguardavam a votação do Projeto de Lei 845/2017, de autoria do executivo, que cria o Conselho Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos para a População LGTB, encaminhado à Casa de Leis no último mês de dezembro.


Imprimir página

Na sessão desta terça-feira (24), na Assembleia Legislativa de Rondônia, o painel mostrava a presença de 24 deputados. Manifestantes aguardavam a votação do Projeto de Lei 845/2017, de autoria do executivo, que cria o Conselho Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos para a População LGTB, encaminhado à Casa de Leis no último mês de dezembro.

Foi anunciado que o PL não estaria na Ordem do Dia, mas após protestos e a insistência dos deputados Lazinho da Fetagro, Léo Moraes e Jesuíno Bouabaid, foi submetido à votação com emenda que garante à assembleia um assento no Conselho.

Por falta de hábito em tratar o tema, a sigla LGBT saiu assim na primeira votação:

Fonte: Luciane Oliveira / NewsRondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias