Sexta-Feira, 19 de Agosto de 2016 - 13:45 (Colaboradores)

L
LIVRE

10 COISAS QUE APRENDI SENDO MÃE DE MENINO

Depois da Alice, quando descobri que iria ser mãe novamente, criei na minha própria cabeça uma inquietação sem fim, quando comecei a pensar se viria mais uma menina ou desta vez, um menino.


Imprimir página

Eu sempre quis ser mãe. Desde a adolescência, sempre tive isso na minha mente: vou crescer, casar e ter meus filhos. Sim, e sempre quis ter mais de um.

Depois da Alice, quando descobri que iria ser mãe novamente, criei na minha própria cabeça uma inquietação sem fim, quando comecei a pensar se viria mais uma menina ou desta vez, um menino. Sim, porque apesar de parecer meio louco, no fundo no fundo, as mamães sempre têm o “faro” aguçado e geralmente acertam o sexo do bebê. Comigo foi assim, com os dois!


Meu bebê, com dias de vida!

Depois de saber com toda a certeza absoluta que realmente meu mundo iria ficar bem mais azul, comecei a indagar sobre coisas como “Ah, não sei ser mãe de menino, e agora?” “Menino não tem laçarotes, nem frufrus, nem bolsa combinando com o sapato” “Ele vai ser mais apegado com o pai” e blá…blá…blá…

Quem me conhece e tem mais contato comigo sabe um pouco da minha história e de como foi conturbada a fase do Arthur quando bebê. Mas Deus, que sabe de todas as coisas, mandou para mim não o que eu queria e sim, o que eu precisava: um eterno companheiro.

Então vou dividir aqui com vocês as coisas que aprendi sendo mãe desse menino que assim como Alice, mudou totalmente a minha vida!

1. Menino é mais fácil de dar banho e arrumar, na hora de sair. Nem fico com preguiça, afinal, é só colocar uma bermuda, uma camisa e um sapato e pronto!!! E o cabelo??? Nem preciso gastar horas e horas penteando…rs. Muito mais prático.

2. Eles também são mais fáceis de cuidar na hora do banho. Apesar dos cuidados serem praticamente os mesmos, eles são mais fáceis de limpar.

3. O menino não precisa de mil pares de sapatos. Três já é o suficiente. Lembro-me que Alice tinha praticamente que um par para casa vestido.

4. Meninos são mais econômicos. Pode acreditar. Já que não precisam tanto de sapatos, nem frufrus, nem bolsas, nem acessórios e tudo mais.

5. Eles são super companheiros. Arthur desde pequeno é um grude comigo. Ele é meu ajudador, defensor, protetor, e como digo pra ele, meu eterno namorado… kkkkk

6. Depois do Arthur, comecei a olhar com mais carinho para a seção de brinquedos de meninos nas lojas. Sempre gostei de olhar brinquedos femininos, mesmo antes de ter Alice, só para curiar mesmo.

7. Meninos são felizes e se divertem com pouco. Uma bola ou um boneco de super herói já está de bom tamanho. Estes dias cheguei em casa com dois presentes (que  não são presentes coisa nenhuma) para as crianças. Para Alice, uma touca de cabelo para o banho e para o Arthur, um sabonete que eu disse para ele que era especial porque tinha cheiro de neném. Alice logo soltou que não tinha gostado do presente. Arthur saiu falando pra todo mundo naquele dia que tinha ganho um presente e que era um sabonete super cheiroso. Fazia questão até de buscá-lo no banheiro!

8. Os meninos são mais carinhos e cuidadosos com as mães. Arthur sempre me surpreende quando, do nada, ele diz que me ama e que eu estou linda! Sempre faz questão ( e até chora se eu não deixar) de me ajudar a carregar as compras do supermercado e a tirar o lixo da casa. Sim, ele é super prestativo.

9. Mães de meninos acabam se acostumando com os gritos nas brincadeiras. É um tal de “pow” “vou te pegar”,  que meu Jesus amado… Só falta sair um “pelos poderes de grayskull”!

10. Os meninos são mais ciumentos. Ficam com ciúme de qualquer homem que se aproxima de mim. E para falar bem a verdade, a gente também acaba ficando também. Vivo falando pra ele que só vai namorar quando tiver 20 anos e que vai ter que cuidar de mim e me carregar no colo quando eu estiver bem velinha… rs

É difícil enumerar só 10 quesitos, ainda mais quando se tem uma vida toda para aprender mais e mais sobre a maternidade né? Quem sabe daqui há alguns anos eu posto mais outros 10!


O super herói da casa!

O bom mesmo foi aprender a ser mãe de uma forma geral. Aprendi e ensinei coisas para Alice e para Arthur, só que de formas e maneiras diferentes. Todos os dias eu acordo e agradeço pela vida deles e por me ensinarem tanto, mesmo com tão pouca idade. Filhos são herança do Senhor! Depois conto como é ser mãe de menina!


As duas riquezas!

Beijos e até mais!

Fonte: Renata Vannier

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias