Quarta-Feira, 13 de Junho de 2018 - 17:55 (Artigos)

L
LIVRE

VULNERABILIDADE PSICOLÓGICA - Por Flavio Melo Ribeiro

A escala de vulnerabilidade avalia quão intensamente as pessoas vivenciam sofrimentos por conta da aceitação de todos que as cercam. Aquelas que apresentam um escore muito alto neste fator, tendem a ter baixa autoestima.

A escala de vulnerabilidade avalia quão intensamente as pessoas vivenciam sofrimentos por conta da aceitação de todos que as cercam. Aquelas que apresentam um escore muito alto neste fator, tendem a ter baixa autoestima. Possuem grande medo de que seus amigos as deixem em decorrência de seus erros. Usualmente, são capazes de ter atitudes que vão contra a sua vontade, com o objetivo de agradar os outros. Também são inseguras, são muito dependentes e tem dificuldades em tomar decisões.

Esse problema atinge um grande número de pessoas com baixa autoestima. Um dos meus pacientes com esse tipo de problema afirmava que era bastante comum deixar de fazer o que desejava por medo de ser criticado pelos outros, dizia que sentia uma sensação de solidão e era tão ruim o sentimento que o fazia preferir ficar na dependência do outro a agir por conta própria e correr o risco de ficar só. No entanto, o maior problema da vulnerabilidade é o quanto a pessoa deixa de fazer o que possa lhe realizar por não apresentar segurança suficiente para tal. É perder a capacidade de saborear a vida e construir sua história a partir do seu ponto de vista.

Outro sintoma bastante comum desse sentimento é não gostar do seu próprio corpo e acreditar que por isso as pessoas não vão lhe aceitar e lhe desejar. Dessa forma, qualquer pequeno problema assume uma dimensão muito grande. Uma cliente não saia de casa se tivesse alguma espinha no rosto, mesmo que quase imperceptível, do ponto de vista dela era uma coisa enorme. Ela chegava a dizer que era um vulcão no seu rosto, no qual todos iriam perceber. Para não sofrer, optava por ficar em casa.

A origem do problema está no que, tecnicamente, chama-se insegurança ontológica. A ontologia é o estudo do Ser, então a insegurança ontológica é a insegurança de ser a pessoa que deseja realizar. Mas isso é assunto para outro artigo. Agora, gostaria de frisar a importância da pessoa começar a refletir sobre suas potencialidades e o quanto ela pode ser alguém melhor no mundo e na relação com os outros quando se permitir experimentar a realização do seu próprio projeto. Dê o primeiro passo e se arrisque a viver, assim perceba por sua vez, o quanto as pessoas já lhe aceitam, sem você precisar agradar ninguém.

Fonte: 010 - Flavio Melo Ribeiro/NewsRondonia

Link: http://www.newsrondonia.com.br/noticias/vulnerabilidade+psicologica+por+flavio+melo+ribeiro/112334

News Rondônia